A Magia em todo lugar!


Casa na Árvore de Valentine Kampfer.

Valentine Kampfer
Valentine Kampfer

Mensagens : 53
Data de nascimento : 01/01/1985

Ficha
Verdello: Professor
Habilidade Magica:
Casa na Árvore de Valentine Kampfer.  Left_bar_bleue610/1000Casa na Árvore de Valentine Kampfer.  Empty_bar_bleue  (610/1000)
Varinha: Jacarandá, 24 cm, fio de cabelo de Veela e inflexível

Casa na Árvore de Valentine Kampfer.  Empty Casa na Árvore de Valentine Kampfer.

Mensagem por Valentine Kampfer em 11/8/2014, 21:07

Casa na Árvore de Valentine Kampfer.  Tumblr_l4ojjw3Ohg1qavnbio1_1280_zps1b502c00

Quem nunca sonhou em ter uma casa na árvore? Pois é, Valentine realizou esse sonho quando mudou-se para Edoras. A casa antiga do professor, deu espaço a uma simples e bonita casa na árvore. Por fora pode parecer rústica, mas por dentro é oposto. Todos os cômodos são bem chic, sendo a sala o maior cômodo. Esta possui uma estante imensa repleta de livros, uma mesa média no canto cheia de guloseimas, puff e um sofá que mais parece uma cama. É uma casa adaptada para a dona. Por ter alguns joguinhos e outras coisas de adolescente, Val gosta de ter seus alunos como visita. Abaixo da casa, na parte de trás, há uma mini horta. Da janela de seu quarto consegue ver toda Estufa.

A casa está sempre aberta a vistas.
Valentine Kampfer
Valentine Kampfer

Mensagens : 53
Data de nascimento : 01/01/1985

Ficha
Verdello: Professor
Habilidade Magica:
Casa na Árvore de Valentine Kampfer.  Left_bar_bleue610/1000Casa na Árvore de Valentine Kampfer.  Empty_bar_bleue  (610/1000)
Varinha: Jacarandá, 24 cm, fio de cabelo de Veela e inflexível

Casa na Árvore de Valentine Kampfer.  Empty Re: Casa na Árvore de Valentine Kampfer.

Mensagem por Valentine Kampfer em 11/8/2014, 21:21

Depois da longa caminhada - poderia ter ido de outro jeito, porém havia comido tanto que preferiu caminhar para desgastar - , finalmente a professora chegava a sua casa. Estava tudo arrumadinho, bonitinho, 'cheirosinho', como ela deixou.

Seu gato, Eros, logo veio cumprimenta roçando nas pernas dela. Fez um breve carinho no animal e jogou-se no sofá. oi um dia muuuuito cansativo, ela não teve tempo para descansar nem um segundo. Tirou os sapatos dos pés e esticou-se. Ah, como era bom estar em casa. Não que a casa de seus pais não fosse sua também, mas ali ela tinha um pouco mais de privacidade.

Levantou-se e arrumou-se para dormir. O dia que estava vindo seria um pouco menos cansativo, mas ainda sim teria algumas coisas para resolver e organizar. Durante as férias teve uma idéia e gostaria de conversar com o professor Matthew sobre ela. Por isso, antes que todos dois se recolhessem para sonhar, mandou uma coruja entregar um aviso ao professor.

Neste constava as seguintes palavras: " Caro Professor,

Durante minhas férias andei pensando em muitas formas de entreter os alunos e gostaria de apresentar-lhe uma delas. Posso, amanhã, passar por sua sala na parte da tarde?

Tenha uma Boa Noite.

Valentine Kämpfer. "

Depois de ter feito tudo o que deveria, deitou em sua cama e lembrou-se de quanto ela era gostosa. Aquele dia começou bom e terminou ótimo. A professora estava animadíssima para o novo ano letivo.
Valentine Kampfer
Valentine Kampfer

Mensagens : 53
Data de nascimento : 01/01/1985

Ficha
Verdello: Professor
Habilidade Magica:
Casa na Árvore de Valentine Kampfer.  Left_bar_bleue610/1000Casa na Árvore de Valentine Kampfer.  Empty_bar_bleue  (610/1000)
Varinha: Jacarandá, 24 cm, fio de cabelo de Veela e inflexível

Casa na Árvore de Valentine Kampfer.  Empty Re: Casa na Árvore de Valentine Kampfer.

Mensagem por Valentine Kampfer em 9/9/2015, 01:19

Os saltos tocavam o chão de madeira e faziam um “toc toc” meio chato. De um lado para o outro, a figura feminina que fazia o tal barulho, andava. Era um misto de euforia e preocupação. Eram tantas coisas a se pensar que ela não sabia se daria conta.

Por fim jogou-se no sofá, seus orbes azuis miravam o teto como se procurasse uma resposta. Sorriu quando lembrou-se do passado. Suas amigas sempre suspiravam pelo professor Spencer, para Valentine ele era apenas um professor normal. Mas agora entendia o suspiro das meninas. Ele era um doce de pessoa.


- Um brigadeiro. – Completou seu pensamento. – Vamos pular essa parte. – Literalmente pulou. Pulou do sofá e vou sentar-se no seu mini-escritorio. Uma mesa no canto da sala, de frente para a janela. Sentou-se e puxou um papel e caneta. Começou então a desenvolver melhor sua idéia.
Escreveu as regras, as plantas teriam que ir averiguar, precisaria ir até a floresta e passar um tempo por lá, anotando tudo o que precisasse. O problema é que Valentine não entrava sozinha em florestas. Uma vez fez isso em Hogwarts, tomou um trauma gigantesco.  


“Vou precisar de alguém para me ajudar. Talvez o Professor Joe...”

Ele era o mais indicado, visto que Spencer já estava atarefado em excesso e, bem, ele não tinha cara de que gostasse de Herbologia. Entretanto, não custava nada perguntar.
[i]“Matt”
, começou a carta, seria um bilhetinho, bem informal. “Terei que ir a floresta para mapear as plantas. Pensei que, talvez, você pudesse ir comigo. Ou o professor Joe. Você deve se lembrar que não tive uma boa experiência indo a floresta de Hogwarts sozinha. Então, aguardo sua resposta. Caso não possa, eu falo com Joe. “

O acontecimento que causou trauma fora na época da batalha em Hogwarts, sabê-la quais motivos levaram Valentine a floresta, havia criaturas tenebrosas lá. Ela quase não se lembra o que aconteceu, viu alguns vultos, bateu a cabeça e acordou na enfermaria. Assim, ela nunca mais se aventurou sozinha em uma floresta.

Chamou uma coruja qualquer e mandou o bilhete para o Diretor. Dá sua imensa estante, pegou alguns livros e começou a (re) estuda-los. Tinha muito o que fazer, seria um ano árduo, mas para Valentine, ver os alunos se divertindo seria gratificante.
[/i]
Matthew Spencer
Matthew Spencer

Mensagens : 248

Ficha
Verdello: Diretor Finwer
Habilidade Magica:
Casa na Árvore de Valentine Kampfer.  Left_bar_bleue920/1400Casa na Árvore de Valentine Kampfer.  Empty_bar_bleue  (920/1400)
Varinha: Teca, 31 cm, coração de dragão

Casa na Árvore de Valentine Kampfer.  Empty Re: Casa na Árvore de Valentine Kampfer.

Mensagem por Matthew Spencer em 9/9/2015, 17:32

E eis que, ao anoitecer, uma coruja rapidamente, encontrou a professora Valentine Kämpfer e a entregou uma carta informal do diretor interino Matthew Spencer:

Carta para Valentine Kämpfer:
Olá Kämpfer,

Ficaria muito feliz em ajudá-la com seu trabalho de mapeamento. Acredito que será uma experiência positiva acompanhar seu trabalho de perto e, quem sabe, poder ajudar.

Matthew Spencer.
Valentine Kampfer
Valentine Kampfer

Mensagens : 53
Data de nascimento : 01/01/1985

Ficha
Verdello: Professor
Habilidade Magica:
Casa na Árvore de Valentine Kampfer.  Left_bar_bleue610/1000Casa na Árvore de Valentine Kampfer.  Empty_bar_bleue  (610/1000)
Varinha: Jacarandá, 24 cm, fio de cabelo de Veela e inflexível

Casa na Árvore de Valentine Kampfer.  Empty Re: Casa na Árvore de Valentine Kampfer.

Mensagem por Valentine Kampfer em 10/9/2015, 23:18

Quantas horas haviam passado? Ou foram só alguns minutos? Valentine não sabia. Estava sentada no chão da sala, vários livros ao seu redor. Parecia uma adolescente estudando para uma prova muito importante. Era exatamente assim que se sentia.
Já estava com uma lista enorme montada, as regras, quase tudo. Estava esperando apenas a resposta de seu antigo professor para ‘dar o próximo passo’. A coruja posou em sua janela, silenciosa, a mulher só a percebeu quando a mesma fez um barulho e acabou por assusta-la.


-Ah, desculpa. Não vi você ai! – Disse enquanto levantava-se e ia até o animal. Fazia-lhe um carinho na cabeça e pegava o bilhete. – Obrigada – Era doce. Antes que a coruja fosse embora dava-lhe um ‘agrado’. Um pouco de ração que tinha num potinho embaixo da mesa. – Pode voltar!

Valentine era assim, doce e meiga com todos. Sempre foi assim.

-“Kampfer...” – começou a ler o bilhete em voz alta. – Por que ele me chama assim? Me sinto aluna dele ainda... – Era uma reclamação. Spencer não queria que fosse formal com ele, então por que continua chamando pelo sobrenome.

Pelas palavras dele, podia perceber a animação. Olho para os papéis e livros no chão, estava cansada. Sua mente implorava por descanso. Deixou o bilhete dentro de um livro marcando uma página e resolveu caminhar.

Já havia anoitecido, pegou um casaco fino e o amarrou na cintura, estava um pouco quente, mas vai que o tempo mude do nada?! Por lá tinha um pouco disso. Decidiu ir para a Costa norte, não ficava muito longe e ainda estava um pouco movimentada.
Dimitri Virtanen
Dimitri Virtanen

Mensagens : 9

Ficha
Verdello: Bruxo Formado
Habilidade Magica:
Casa na Árvore de Valentine Kampfer.  Left_bar_bleue1/1400Casa na Árvore de Valentine Kampfer.  Empty_bar_bleue  (1/1400)
Varinha: Desconhecida

Casa na Árvore de Valentine Kampfer.  Empty Re: Casa na Árvore de Valentine Kampfer.

Mensagem por Dimitri Virtanen em 12/1/2019, 22:24

A viagem estava sendo lenta, o que deixava ele irritado. Respirou fundo muitas vezes e lamentou-se por não ter aparatado direto. Dimitri olhava a água que parecia negra devido ao reflexo da noite, sua mente viajava até os tempos de escola, um sorriso no canto da boca, mas que logo sumiu dando espaço a sua cara séria. Acordava do rápido transe com os gritos do condutor avisando a chegada. Levantou-se, esperou duas pessoas a frente descerem e ao sair do barco, agradeceu ao homem com um balanço de cabeça. A sua frente um caminho bem iluminado, feito com pedras que formavam uma estradinha e davam acesso a porta principal de Edoras. Muito ouviu falar da Escola, coisas boas, atualmente, coisas ruins. Seguiu a estradinha, passos apertados e ligeiros, estava ansioso para chegar ao seu destino.

Foi recebido por um dos funcionários da escola assim que chegou ao Hall principal, entregou a ele um pequeno papel e o homem deu as orientações necessárias que Virtanen precisava.


-Não diga a ninguém que estou aqui. Amanhã pela manhã farei com que o atual diretor saiba. – Disse num tom altivo. – Obrigada, Boa noite.

Seguiu seu caminho de acordo com o que lhe foi explicado. Sabia que podia não ser bem recebido, depois de anos sem mandar noticias ou tentar algum tipo de aproximação, reaparecer assim poderia ter resultados negativos. Entretanto, sua consciência e coração lhe suplicavam para ir até lá primeiro.

“O que tiver que ser, será. Mas algo aqui dentro sabe que você não me decepcionará.”

Dimitri não era um homem de cultivar expectativas, se achava velho para esse tipo de coisa. Tentava controlar o que estava acontecendo dentro de si naquele momento, mas ao caminhar instantaneamente um sorriso brotava em seu rosto.

Finalmente chegou ao local, viu a luz ligada, observou bem a estrutura, era a cara dela. Subiu as escadas confiante, como se fosse a primeira vez. Tudo foi desmoronando à medida que ia chegando perto, a pequena varanda na parte da frente possuía uma mesa com duas cadeiras, a casa parecia vazia. Talvez ela estivesse apenas dormindo. Tentava ter um pensamento positivo. Bateu a porta uma, duas, três, quatro vezes e nada. Respirou fundo, passou a mão pelo rosto. Não podia ficar nervoso, ele não avisou que vinha. Olhou para as cadeiras da varanda...


- Só me resta esperar, não é? Val não é de chegar tarde em casa. Nunca foi. – A positividade de que ela ainda tivesse os mesmos hábitos para consolar o fato da mulher não estar ali. Sentou-se na cadeira, esticou as pernas e reclinou a cabeça um pouco para trás de olhos fechados.
Dimitri Virtanen
Dimitri Virtanen

Mensagens : 9

Ficha
Verdello: Bruxo Formado
Habilidade Magica:
Casa na Árvore de Valentine Kampfer.  Left_bar_bleue1/1400Casa na Árvore de Valentine Kampfer.  Empty_bar_bleue  (1/1400)
Varinha: Desconhecida

Casa na Árvore de Valentine Kampfer.  Empty Re: Casa na Árvore de Valentine Kampfer.

Mensagem por Dimitri Virtanen em 17/2/2019, 23:43

Um caminho curto, mas que em silêncio parecia ter o dobro de duração. Depois que deixaram os outros, nenhum dos dois tomou a palavra. A mulher guiava o caminho, mantendo uma distância. Esta poderia significar muita coisa se Dimitri fosse alguém que gostasse de entender os sinais.

Ele queria conversar, tentar reatar, porém, via que seguir por um tempo sendo amigo de Valentine, poderia ter seu lado bom. Infelizmente, o auror sempre pensava com a razão e por muitas vezes acabava por perder algo ou alguém. Mas o que seria mais importante que sucesso e prestígio?

Ao fim da estrada, ele voltava a ver a casa na Árvore, sua luz iluminava parte do trajeto.  A professora então para, olha para trás, mas nada diz. E então ele acha uma brecha para poder começar aquele diálogo.


-Então, tudo bem com você? - começou meio tímido. - Eu sei que as coisas não terminaram bem entre nós e vim aqui para ajeitar isso…
Valentine Kampfer
Valentine Kampfer

Mensagens : 53
Data de nascimento : 01/01/1985

Ficha
Verdello: Professor
Habilidade Magica:
Casa na Árvore de Valentine Kampfer.  Left_bar_bleue610/1000Casa na Árvore de Valentine Kampfer.  Empty_bar_bleue  (610/1000)
Varinha: Jacarandá, 24 cm, fio de cabelo de Veela e inflexível

Casa na Árvore de Valentine Kampfer.  Empty Re: Casa na Árvore de Valentine Kampfer.

Mensagem por Valentine Kampfer em 17/2/2019, 23:54

Incrível como algo começa bem e termina mal. O relacionamento daqueles dois, ah.. eles pareciam ter nascido um para o outro. No começo era o famoso mar de rosas, mas aos poucos, foi caindo num poço profundo. O pior que em parte a culpa não era de Dimitri…

Não sabia o que dizer, na verdade, ela nunca esperou por aquele encontro. Seguiu na frente, pois não queria que ele visse sua confusão. Por que ele tinha que aparecer logo agora?  Diminuiu os passos quando ela começou a falar, parou e olhou para trás.


-Agora? Depois de anos? Dimitri, está meio tarde para você querer conversar. - Cruzou os braços. O homem deu alguns passos em sua direção e ela teve medo - Eu te mandei cartas, tentando conversar….- os olhos se encheram de lágrimas que foram bruscamente contidas. - Nunca recebi uma resposta. Você fez exatamente o que seus pais queriam, quer dizer, aconteceu exatamente o que eles queriam… Não dá pra mudar isso agora. - Será?


Última edição por Valentine Kampfer em 18/2/2019, 08:04, editado 1 vez(es)
Dimitri Virtanen
Dimitri Virtanen

Mensagens : 9

Ficha
Verdello: Bruxo Formado
Habilidade Magica:
Casa na Árvore de Valentine Kampfer.  Left_bar_bleue1/1400Casa na Árvore de Valentine Kampfer.  Empty_bar_bleue  (1/1400)
Varinha: Desconhecida

Casa na Árvore de Valentine Kampfer.  Empty Re: Casa na Árvore de Valentine Kampfer.

Mensagem por Dimitri Virtanen em 17/2/2019, 23:54

Ele continuou andando quando Valentine começou a falar, agora estavam mais próximos. Um suspiro bem fundo, passa a mão pelo rosto, olha pro lado, depois maneia a cabeça encontrando o olhar triste e confuso.  Talvez aquela conversa tornaria tudo mais difícil de dar certo.

- Se te responde algo, eu nunca recebi nenhuma carta, e sabe aquela famosa frase “antes tarde do que nunca”? Pois é, eu estou aqui.   - Se arrisca a pegar uma mão dela,delicadamente e para sua surpresa, Kampfer deixa.
- Sei que eles estão errado, eu fui mais errado ainda em não ter te defendido, apoiado. De achar que era algo bobo e pedir pra você deixar para lá. Nunca vou conseguir mudá-los, mas eu mudei. Eu entendi que o que os Virtanen fez foi extremamente errado. Porém, é como eu falei, são anos de um pensamento tradicional...Por eles eu não posso fazer nada, mas te garanto que a nova….Eu não vou te garantir nada. Não tenho esse poder. Eu só quero te pedir desculpas. Quero que me perdoe. Você me perdoa?


Última edição por Dimitri Virtanen em 18/2/2019, 08:11, editado 1 vez(es)
Valentine Kampfer
Valentine Kampfer

Mensagens : 53
Data de nascimento : 01/01/1985

Ficha
Verdello: Professor
Habilidade Magica:
Casa na Árvore de Valentine Kampfer.  Left_bar_bleue610/1000Casa na Árvore de Valentine Kampfer.  Empty_bar_bleue  (610/1000)
Varinha: Jacarandá, 24 cm, fio de cabelo de Veela e inflexível

Casa na Árvore de Valentine Kampfer.  Empty Re: Casa na Árvore de Valentine Kampfer.

Mensagem por Valentine Kampfer em 17/2/2019, 23:58

Todas aquelas palavras poderiam ser verdadeira , assim como tudo aquilo poderia ser uma encenação. A professora  de herbologia não conhecia mais aquele homem. Ele segurava sua mão e recebia um olhar de desconfiança cheio de mágoas. Ouviu tudo atentamente, cada palavra, assim como se lembrava claramente do dia considerado o estopim para o término

Flashback on



Festa da Avó de Dimitri. Todos os mais velhos, alguns mais novos, estavam reunidos na sala. Uma prima de seu noivo acabara de dar a luz depois de alguns meses de casamento. Este realizado com um grande bruxo de sangue puro e que manteria a linhagem.  Valentine estava sentada no sofá próximo a sua sogra. Esta após fazer um brinde ao novo membro, vira para Valentine e diz: “ Tenho que aproveitar o neto dos outros, afinal, espero que você não tenha filhos com Dimitri. Temos que manter a linhagem pura, não é mesmo? A sociedade não verá com bons olhos se não continuarmos assim.”

Kampfer busca com olhar pelo noivo que havia escutado o comentário e fez um sinal de “esquece, deixa pra lá.” como se aquilo fosse algo natural de uma pessoa dizer a outra. Mas ela não deixa, aquele não era o primeiro comentário, nem seria o último. Por muitos anos ela escutou coisas como aquela, aturou a mãe e avó de Dimitri o jogarem para outras bruxas. Nunca havia feito nada até aquele momento.

Por todo o salão se escutou o “Já chega!” dito por Valentine, todos viram ela se levantar e passar como um furacão em direção a porta de saída, seguida de Dimitri. Antes que ela pudesse sair, ele a segurou e levou para o quarto. Durante muitas horas, eles discutiram e a herbologista teve que ver seu companheiro cegamente protegendo a família. Foi quando concluiu duas coisas: sempre seria daquele jeito e ela não queria mais seguir assim. Determinou o fim. Desceu as escadas e foi embora. Não olhou para trás nem se despediu de ninguém


Flashback off



- Eu não sei, Dimmi. Juro. Eu to bem… -  Confusa era a palavra certa, mas que não queria dizer.  -  Talvez com o tempo.


Última edição por Valentine Kampfer em 18/2/2019, 08:07, editado 2 vez(es)
Dimitri Virtanen
Dimitri Virtanen

Mensagens : 9

Ficha
Verdello: Bruxo Formado
Habilidade Magica:
Casa na Árvore de Valentine Kampfer.  Left_bar_bleue1/1400Casa na Árvore de Valentine Kampfer.  Empty_bar_bleue  (1/1400)
Varinha: Desconhecida

Casa na Árvore de Valentine Kampfer.  Empty Re: Casa na Árvore de Valentine Kampfer.

Mensagem por Dimitri Virtanen em 17/2/2019, 23:59

Ele não estava surpreso com a resposta, mas ficou feliz em saber que existia a possibilidade de ser perdoado. Valentine tinha um bom coração, algo que ele sempre admirou nela.

- Fico muito feliz com o ‘talvez’. - ele sorriu e a mulher retribuiu o sorriso. Aproveitou e a envolveu em um abraço, ouviu algo que o fez rir. Tinha esquecido como o abraço dela era gostoso - Eu estava com saudades de você, Val.   -  Beijou-lhe a testa. - Ah, eu vim pedir abrigo durante uns dias, juro que é pouco.


Última edição por Dimitri Virtanen em 18/2/2019, 00:05, editado 1 vez(es)
Valentine Kampfer
Valentine Kampfer

Mensagens : 53
Data de nascimento : 01/01/1985

Ficha
Verdello: Professor
Habilidade Magica:
Casa na Árvore de Valentine Kampfer.  Left_bar_bleue610/1000Casa na Árvore de Valentine Kampfer.  Empty_bar_bleue  (610/1000)
Varinha: Jacarandá, 24 cm, fio de cabelo de Veela e inflexível

Casa na Árvore de Valentine Kampfer.  Empty Re: Casa na Árvore de Valentine Kampfer.

Mensagem por Valentine Kampfer em 18/2/2019, 00:04

Os braços grandes e fortes a envolviam de surpresa, tinha mantido uma postura mais dura, porém, ele não parecia ligar.

-Dimitri, seu oportunista! - Disse rindo. Repousou sua cabeça sobre o tórax dele. -  Hanran.  - Não queria dar nenhuma abertura para ele achar que poderiam reatar, mas também sentia saudades. Ela não precisou perguntar, pois Virtanen foi logo se explicando. -  Tudo bem, eu aceito ter um inquilino por uns dias. Mas já deixo avisado que minha vida está bem turbulenta agora.

Por alguns instantes Valentine se esquece do tal ataque ao professor de Edoras e comete o erro de deixar o Auror ficar por ali. Talvez ele fosse ficar tão ocupado ao ponto de não oferecer perigo, e talvez fosse bom ter ele por ali. Poderia ser uma ajuda.

Os dois seguem o caminho, Dimitri havia deixado a mala na porta da casa de Valentine e ela o olha como se perguntasse se ele era louco de deixar suas coisas sozinhas.  Entram,  a professora mostra a casa, o lugar em que ele vai passar tais dias e o quarto que ele estava proibido de entrar, o quarto da mulher.


- Se quiser ficar, vai ter que respeitar minhas regras, meu novo mundo e as pessoas que vivem nele. Ok?
Dimitri Virtanen
Dimitri Virtanen

Mensagens : 9

Ficha
Verdello: Bruxo Formado
Habilidade Magica:
Casa na Árvore de Valentine Kampfer.  Left_bar_bleue1/1400Casa na Árvore de Valentine Kampfer.  Empty_bar_bleue  (1/1400)
Varinha: Desconhecida

Casa na Árvore de Valentine Kampfer.  Empty Re: Casa na Árvore de Valentine Kampfer.

Mensagem por Dimitri Virtanen em 18/2/2019, 00:05

- Essas pessoas, você quer dizer uma única pessoa né?  Matthew Spencer… Eu vi a troca de olhares Val.   - Dimitri já se sentia íntimo o suficiente para se jogar no sofá - Ok, ok. Vou respeitar. Você sabe que eu sempre faço o que você pede. - Mal deitou e se levantou. Passou pela mulher, beijou mais uma vez sua testa e começou a caminhar até o quarto de hóspedes. - Boa noite, Val. Vou deixar você descansar e fazer o mesmo. E… Obrigada por tudo, pelo talvez e por me deixar ficar.

Deixa a irlandesa na sala, fecha a porta do quarto. Esconder ciúmes era coisa nova pra ele. Se antes já não gostava do diretor daquela instituição, agora gostava menos ainda.

“Amanhã tenho que ir falar com ele antes dela. O mais cedo possível. Eu tenho que acabar com isso. “

Tomou banho, se ajeitou no quarto, deitou na cama e se odiou por não ter Valentine ao lado. O sono foi ficando mais forte até que dormiu. O dia seguinte seria bem longo para ele.
Valentine Kampfer
Valentine Kampfer

Mensagens : 53
Data de nascimento : 01/01/1985

Ficha
Verdello: Professor
Habilidade Magica:
Casa na Árvore de Valentine Kampfer.  Left_bar_bleue610/1000Casa na Árvore de Valentine Kampfer.  Empty_bar_bleue  (610/1000)
Varinha: Jacarandá, 24 cm, fio de cabelo de Veela e inflexível

Casa na Árvore de Valentine Kampfer.  Empty Re: Casa na Árvore de Valentine Kampfer.

Mensagem por Valentine Kampfer em 18/2/2019, 00:07

Quando ele falou sobre Matt, ela apenas lançou um olhar de reprovação que ele entendeu muito bem, disfarçou e foi dormir. Esperou ouvir o barulho da porta sendo fechada e correu para a mesa, pegou uma pena, um papel e começou a escrever uma carta a Spencer, não iria chamar a coruja, então olhou para o gato que dormia no canto do sofá.

-Eros, hora de trabalhar. - Enrolou o papel e amarrou com uma fita ao pé do felino que miou triste por ter que se levantar. - Vai, anda, não demore.

O gato saiu pela escuridão, desejou que ninguém o visse e que não fosse tarde. Entrou em seu quarto, ficou pensando no quanto era estranho ter Dimitri quase do seu lado e em Matt…
Por mais que não quisesse, o carinho de Dimitri a trouxe nostalgia, algo estranho, se sentia confusa naquele momento, pois também tinha Spencer que se mostrou tão conectado a ela, como diz os mais jovens “na mesma vibe”.

Sorriu quando lembrou do passeio de barco, deitou na cama e começou a imaginar como seria o relacionamento dos dois. Ele tinha o mesmo espírito aventureiro dela, gostavam das mesmas coisas e já tinha se mostrado disposto a coisas novas. Entretanto… Dimitri se mostrava alguém diferente, talvez a idade o tivesse feito amadurecer.

Valentine se via em uma bifurcação: dar chance ao velho ou dar chance novo?

Conteúdo patrocinado

Casa na Árvore de Valentine Kampfer.  Empty Re: Casa na Árvore de Valentine Kampfer.

Mensagem por Conteúdo patrocinado


    Data/hora atual: 15/9/2019, 10:19